Congresso submete Bolsonaro ao neoparlamentarismo

Resultado de imagem para maia, alcolumbr e bolsonaro

Meia volta, volver!

Mudou a qualidade do poder. Aparentemente, quem dá as cartas é o presidente Bolsonaro, com toda a sua carga autoritária; essencialmente, porém, a realidade é outra; o Congresso é o verdadeiro poder republicano, depois que lá se aprovou o orçamento impositivo; os congressistas votam o que terão direito a retirar do orçamento da União, para atender suas bases; ao executivo, resta cumprir ordens do legislativo; vigora-se, efetivamente, o parlamentarismo; Bolsonaro, incomodado, tenta vetar o que os parlamentares determinam; mas o veto dele não tem força para ficar em pé; são as novas regras políticas republicanas, no momento em que Bolsonaro tenta militarizar geral o governo; ao contrário do que aconteceu depois do golpe de 1964, hoje, 2020, não é o Congresso que se submete ao Executivo; os generais, no Planalto, tem que cumprir as ordens legislativas.

 

PODER MILITAR DECORATIVO NO NOVO CENÁRIO POLÍTICO REPUBLICANO PARLAMENTARISTAO presidente capitão Bolsonaro está com…

Posted by Cesar Fonseca on Tuesday, February 11, 2020

 

Olha o buraco quente!

 

 

 

 

2020 sinaliza guerra sul-americana

Resultado de imagem para jiping, putin e trump

Agitação geopolítica na América do Sul

Trump arma sua guerra para campanha eleitoral. Tentou fazer isso com o Irã, mas não deu resultado; aliados da China e da Rússia, os aiatolás de Teerã, cheios de petróleo, com capacidade de controlar o Estreito de Hormuz, despachou Tio Sam, em aliança com o Iraque; ameaçado de expulsão da região, a Casa Branca está desmoralizada; precisa de nova tensão de guerra, para mostrar força americana na geopolítica internacional; os olhos da Casa Branca se voltam, novamente, para a Venezuela; mas, ali, China e Rússia, estão ao lado de Maduro, como ocorre em relação ao governo iraniano; a diplomacia internacional se volta para a América do Sul, a rica do mundo, que todo mundo quer, com suas potencias agrícolas e minerais, das quais depende a manufatura global.

FUMAÇA DA GUERRA Os sinais de guerra sul-americana à vista não poderiam ser mais claros. O presidente Trump, no seu…

Posted by Cesar Fonseca on Wednesday, February 5, 2020

Tremendo talento

Olavo Savonarola decreta caça às bruxas

Resultado de imagem para olavo carvalho acusa oposição de criar lupemproletariado para atrapalhar bolsaonaro

Retorno à idade média

Olavo Carvalho se transforma no neo Savonarola da Idade Média com o propósito de queimar bruxas que desacreditam das regras fatalistas fundamentalistas do deus mercado; com as armas da crença cega no destino manifesto medieval dá relevo ao fantástico para tentar tirar a população do real e fazê-la acreditar no irreal, imaginário; para tanto, o essencial é espalhar o medo e culpar a oposição, invertendo a realidade; o governo é a vitima da oposição e não culpado pelas suas ações, que produzem o lumpemproletariado; a narrativa construída pelo imaginário surreal do terrraplanista Olavo precisa parecer verdade de modo a encobrir o que não pode ficar exposto: o desastre econômico e social ultraneoliberal pauloguedeseano bolsonarista.

 

FARSANTE FALANTE QUER QUEIMAR BRUXASO lupenproletariado está se espalhando nas ruas, praças e avenidas das grandes…

Posted by Cesar Fonseca on Monday, December 30, 2019

 

Mentira como estratégia de poder

Resultado de imagem para paulo guedes

Na onda da enganação

No reinado do fakenews, tudo é permitido, até que a maracutaia seja descoberta. O ministro Paulo Guedes está em maus lençóis. A onda do dólar alto tem que ser barrada a qualquer preço. Não pode parecer que a moeda americana sobe descontroladamente por conta do fracasso das reformas neoliberais. Aumenta o nível de miséria social. A desigualdade assusta os capitalistas. No ambiente sul-americano, de estresse econômico e social total, as massas se rompem às ruas. Não lhes sobra mais nada senão o protesto, diante do modelo em que o salário caminha para zero ou negativo na sua expressão máxima do termo, como produto da sobrecumulação incontrolável de capital. Sem salário, que melhora os lucros das empresas, o consumo cai. O subconsumismo sinaliza, consequentemente, deflação, o erro eterno dos neoliberais que o perseguem inconscientemente. Tem que esconder que a miséria não avança. Como se tornou impossível tal façanha, os detentores de poupança externa, ameaçados pela explosão social, fogem, deixando para trás desvalorização e crise cambial. Se houvesse crescimento com melhor distribuição da renda, a desvalorização da moeda nacional ajudaria nas exportações. Mas não é caso. Não há consumo interno que leve os capitalistas aos investimentos, para a indústria aproveitar as oportunidades abertas pela desvalorização do real, tão reclamada pelos desenvolvimentistas, como Bresser Pereira. Por isso, Trump sentou a pua na desvalorização do real, sem saber dos motivos que o levam à desgraça, agravando, consequentemente, a situação econômica. Assim, quanto mais miséria social, mais necessidade de mentir sobre os números da economia. Sai de baixo.

 

 

PINÓQUIO GUEDES EM AÇÃOEngraçado. Nesse momento, site nenhum, blog nenhum da mídia conservadora diz alguma coisa…

Posted by Cesar Fonseca on Wednesday, December 4, 2019

 

Craques em cena