Luíza bombeia Benedita

ImagemImagem

Parceria empresarial e política

Grande empresária e política. Ao abrir espaço aos negros/as, atitude que mereceu entusiasmo de Benedita da Silva, candidata do PT à prefeitura do Rio de Janeiro, Luíza Helena Trajano, da Magazine Luíza, dá show de competência e de empreendedorismo social e econômico. Joga suas fichas na capacidade empreendedora da raça negra e fortalece sua autoestima. Precisou nascer nesse Brasil racista a cancha e o talento da mulher brasileira para dar essa tacada maravilhosa. Os racistas, machistas e invejosos estão descendo cacete nela como se estivesse praticando perseguição aos brancos. Nada disso. Todos, brancos, negros e pardos merecerão espaço nos empreendimentos da ousada empresária que, agora, quer, até, comprar os Correios, antevendo a nova economia que já está dando as cartas com expansão do delivery. Burro será o Estado, se privatizar, porque os Correios é uma fonte inesgotável de lucro, que está a serviço da população, do interesse público e não privado. Mas, voltemos à questão do racismo explícito dos invejosos contra Luíza. Ganhará a sociedade com essa visão avançada dela no plano das relações de trabalho, cujo objetivo é dar oportunidades iguais aos que trabalham com ela. O pensamento escravocrata que está na cabeça de todo capitalista brasileiro, exceto honrosos exemplos, leva uma bordoada federal, enquanto outro olhar racial se forma a partir da sensibilidade feminina. Ela, de repente, atenta às possibilidades de expansão do seu negócio, transforma-se no maior cabo eleitoral de Benedita. Já pensou Benedita vitoriosa no Rio! A alma da negritude carioca vai bombar na cidade maravilhosa.

 

Luiza entra na roda do samba de Benedita